Solicite um orçamento

Conheça mais sobre
seu próximo destino!

Inglaterra

Terra da Rainha Elizabeth II e casa da família Real, a Inglaterra tem de longe a maior população do Reino Unido com mais de 50 milhões de habitantes, o que corresponde a quase 90% da população de todo o reino. Apesar de ter algumas montanhas, sua geografia é geralmente formada por baixas colinas e planícies, e o clima tende a ser mais ameno no sul e mais frio ao norte. Apesar do estereótipo conhecido no mundo todo, a Inglaterra não é de fato sempre cinzenta, fria e chuvosa.

Acostumados com estrangeiros, a Inglaterra é famosa por seu povo extremamente educado, sempre muito hospitaleiro. Assim como no resto do Reino Unido, os pubs são lugares de encontros populares entre jovens e adultos, e uma visita a um pub é pit stop básico de qualquer visitante. Mesmo não sendo famosa por sua culinária, a cozinha inglesa não é ruim como dizem e seus pratos tradicionais são bastante saborosos, como o fish and chips (peixe frito empanado e batas frescas fritas) e o Sunday Roast (algum tipo de carne assada, batatas assadas, stuffing, yorkshire pudding, vegetais, e molho gravy).

Capital: Londres
Cidade mais populosa: Londres
Línguas oficiais: Inglês
Área Total: 130 395 km²
População (Estimativa para 2010): 53.012.456 hab.
Moeda: Libra esterlina (GBP)
Fuso horário: (UTC+0) / Verão (DST): (UTC+1)
Cód. telef. +44
Website Governamental: http://www.direct.gov.uk

Londres

De longe o maior centro urbano não só do Reino Unido, mas de toda a União Europeia, Londres tem hoje mais de 14 milhões de pessoas vivendo em sua região metropolitana. Barulhenta, vibrante, e verdadeiramente multicultural, Londres não é só uma megalópole de pessoas, mas também de ideias e energia.  Apesar de sua injusta fama de fria, cinzenta e chuvosa, é uma cidade cheia de cores com verões que geralmente passam dos 20°C.

Falar das suas atrações é impossível, dada a variedade e quantidade de opções. Descansar no Hyde Park, fazer compras na Oxford Street ou nas feiras de Camden Town e Portobello Road, curtir uma noitada em Bricklane, comer em uns dos diversos restaurantes do Soho, ou o que mais sua imaginação permitir. Pontos turísticos também são incontáveis, desde o Palácio de Buckingham, passando pela roda gigante London Eye, até o icônico Big Ben, um dos símbolos de Londres. Fora isso ainda há os museus, parques, teatros, pubs, boates e, ainda por cima, casa dos Jogos Olímpicos de 2012. Tudo que se escreva ainda será pouco para representar o que de fato é Londres.

 

Oxford

Oxford é a cidade universitária mais antiga da Inglaterra, situada a 80km de Londres. Com mais de 160.000 habitantes, está às margens do Rio Tâmisa, e foi lá que romances como Alice no País das Maravilhas (Lewis Carroll) e Senhor dos Anéis (J. R. R. Tolkien) foram escritos, enquanto que nos corredores da Christ Church College foram gravadas muitas das cenas de Harry Potter.

Muitas das atrações são relacionadas com suas universidades e faculdades, e sem dúvida a Universidade de Oxford é uma das mais conhecidas do mundo. Sua arquitetura pitoresca contrasta com um estilo de vida moderno (que em grande parte se deve aos estudantes, tecnologia e pouca indústria), atraem pessoas de todo o mundo, seja para morar ou visitar.

 

Brighton

Cidade costeira localizada no Sul da Inglaterra tem hoje mais de 155.000 habitantes. É beneficiada por um clima temperado com períodos quentes e ensolarados e certamente um pouco mais frio no inverno. A herança real é percebida facilmente em toda a cidade e o Pavilhão Real é um dos principais pontos turísticos da cidade, que no século XIX era o destino de verão oficial da família real.

Por estar localizada a beira-mar, seus habitantes têm um estilo de vida mais relaxado e sua vida noturna é uma das melhores de todo o Reino Unido. Em seus píeres encontram-se diversos bares, pubs, boates, restaurantes e parques de diversão, o que garante entretenimento para pessoas de todas as idades.

 

Manchester

Localizada no noroeste da Inglaterra, o centro urbano de Manchester tem mais de 2.500.00 de habitantes. Conhecida por muitos como a Capital do Norte da Inglaterra, por ser a maior cidade depois de Londres. Berço da Revolução Industrial, do primeiro computador e do vegetarianismo, é sem dúvida uma das cidades mais progressistas do mundo.

Com sua hospitalidade típica do norte, é uma cidade que abraça todos os seus visitantes. Multicultural, Manchester tem diversos festivais e eventos durante o ano, como o Manchester Pride e Irish Festival. Falando em festivais, é lá que muitas bandas famosas no mundo todo surgiram: Oasis, Bee Gees, Joy Division e outras. Além disso tudo, para os fãs de futebol, saibam que foi lá que surgiu a primeira liga profissional de futebol do mundo e casa de um dos mais famoso times: Manchester United. Com uma variedade dessas, sem dúvidas Manchester é uma cidade que atrai pessoas de todo o mundo e todas as idades.

 

Bournemouth

Localizada na Costa Sul da Inglaterra, Bournemouth tem pouco mais de 163.000 habitantes. Porém, faz parte de uma conturbação de cidades, junto com Christchurch e Poole, o que aumenta a população total para aproximadamente 400.000 habitantes.

Com um índia positivo de mais de 80%, Bournemouth foi eleita a cidade mais feliz da Grã Bretanha, além de ser famosa pelos seus spas e mais de 10 quilômetros de praias cobertas por areias douradas. Atração local, a Bournemouth Eye só tem em comum com a London Eye a vista panorâmica e o nome. Não é uma roda gigante, e sim um enorme balão de hélio, preso à uma haste de metal. Este é erguido a uma altura de quase 150 metros, dando ao visitante uma visão panorâmica do Canal Inglês e redondezas.

 

Salisbury

Localizada no Sul da Inglaterra, Salisbury tem hoje aproximadamente 50.000 habitantes. Na confluência entre os rios Nadder, Ebble, Wylye, Bourne, que desaguam no Rio Avon, a cidade se encontra muito próxima de Stonehenge, monumento de pedras de origem até hoje indefinida, que atrai milhões de turistas todo os anos, principalmente para a observação dos solstícios e equinócios.

Além de Stonehenge, há também a Catedral de Salisbury, feita no melhor do estilo gótico. Com quase 120m de altura, ao contrário da maioria, não foi construída através dos tempos e sofrendo adições e renovações. Tendo sido construída praticamente toda em apenas uma geração, a Catedral de Salisbury tem uma unidade visual como poucos locais no mundo.

 

Bath

Localizada no condado de Somerset, na Inglaterra, Bath tem hoje aproximadamente 85.000 habitantes. Conhecida pelos seus banhos termais, a cidade foi construída sobre um vulcão extinto e em 1987 se tornou Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Seus marcos arquitetônicos estão espalhados por toda a cidade, a exemplo do Royal Crescent: lugar com 30 casas construídas no formato de um crescente, antigamente habitadas em sua maioria pela nobreza britânica, que hoje abriga um museu, um hotel e alguns famosos, como Johnny Depp.

Tudo em Bath se mistura sem esforço. O senhor com o estudante, os antigos muros romanos com o caótico tráfego moderno e pequenos tesouros antigos com modernos caçadores. Um estilo de vida contemporâneo com um toque antigo, que dão todo o charme a essa cidade do interior inglês.

 

Cambridge

No coração da Inglaterra, uma das cidades universitárias mais famosas do mundo tem hoje mais de 100.000 habitantes. Mais interessante é saber que no começo, a função de Cambridge não era de cidade universitária e sim de cidade portuária, mas com a grande circulação de riquezas acabou assumindo o papel que lhe tornou conhecida.

Por não ter sido muito atingida pela industrialização, Cambridge mantém seu ar de cidade universitária quase que intacto. É impossível dissociar a cidade da universidade que, aliás, é tida como a segunda melhor do mundo, atrás apenas da americana Harvard. Uma curiosidade: dos 74 primeiros ministros britânicos da história, 15 passaram por Cambridge. Unindo a tradição acadêmica com o estilo de vida moderno e animado dos estudantes, não é de se espantar que essa seja uma cidade que transborda energia.

 

Torquay

Torquay é uma cidade britânica situada às margens do Canal da Mancha, no sul da Inglaterra, no condado de Devon, região do Sudoeste. Ela pertence administrativamente, desde 1 de abril de 1998, à autoridade unitária de Torbay, da qual ela é a capital, subdivisão que compreende igualmente, em direção do sul, as cidades costeiras de Paignton, com a qual ela forma uma só aglomeração, e Brixham, bem como algumas pequenas localidades de menor importância no interior das terras.

Torquay é um elemento importante do que se denomina frequentemente a “Riviera inglesa”, pelo seu clima mais suave e mais “são” que aquele do resto da Inglaterra, porque aquecido pelas correntes do oceano Atlântico.

 



Como funciona o intercâmbio durante o Ensino Médio?

O High School é um programa que proporciona essa vivência a jovens entre 15 a 18 anos

Continue lendo